Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caminho das Pedras ...

“… DA MINHA LÍNGUA VÊ-SE O MAR. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto. Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação." V. Ferreira

Caminho das Pedras ...

“… DA MINHA LÍNGUA VÊ-SE O MAR. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto. Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação." V. Ferreira

Praça das Redes

Votos de sucesso ao Carlos Ribeiro pela criação deste espaço de partilha de iniciativas das Redes Temáticas EQUAL.

A Praça das Redes apresenta-se como um lugar que convida à partilha de experiências de trabalho em rede.

Gosto particularmente do desafio ao convívio relaxante, acompanhado com reflexão,  e temperado com olhares que se desejam espraiados por horizontes largos... bem ao estilo do Carlos Ribeiro!

De facto, também acredito que as REDES são os seres vivos que, pela sua complexidade, serão capazes de lidar com problemas e situações complexos; realizar actividades humanas em rede é pensar no plural, exige trabalhar as diversidades, temos que arriscar.

Força Carlos!  

Parabéns

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.