Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caminho das Pedras ...

“… DA MINHA LÍNGUA VÊ-SE O MAR. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto. Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação." V. Ferreira

Caminho das Pedras ...

“… DA MINHA LÍNGUA VÊ-SE O MAR. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto. Por isso a voz do mar foi a da nossa inquietação." V. Ferreira

São Jorge Antigo VI

A SAGA DA CONSTRUÇÃO DA IGREJA!

 

Antes e durante a construção da "nova Igreja" organizaram-se inúmeros ranchos de oferendas, onde as Aldeias Anexas à freguesia de Cebola marcaram presença....

 

 

Cestos, çafaites (açafates) e cabazes cheios de oferendas - queijos, chouriços, presuntos, aguardentes, e mesmo... oiro, para não falar nas notas de 50, 100 e mesmo de 1000 escudos, fixadas por alfinetes nas lapelas dos casacos dos homens da terra!...

 

 

Lembro, vagamente, uma procissão iniciada já na igreja nova e com um andor (presumo que de São Jorge), carregado e tapado de notas... revejo uma vaga imagem de um único envelope no meio das notas que cobriam todo o andor do padroeiro!...

 

Alguém terá tido o cuidado (e o prurido) de não ostentar notas na imagem do santo e daí este gesto de discrição... ainda criança, registei este comportamento de um(a) Sãojorgense anónimo(a)?... gostaria de saber quem foi que teve esta atitude... Claro que por modéstia, já visível no gesto do envelope, presumo que essa pessoa preferirá continuar no anonimato!...

 

 

À esquerda, a congestionar "a procissão", parece estar a "furgoneta dos Almeidas", esse eterno veículo que, de gemido em gemido e soluço em soluço, subia até à Eira e nunca deixou os condutores mal colocados...

 

Era como o Táxi do Ti Camilo... devagarinho e soluçando lá ia para todo o lado! 

 

E eu enjoava que me fartava, pois no meio dos solavancos, cheiro a gasóleo e os cigarros do Ti Camilo, era impossível manter o estômago calmo!...  

 

Encosta-te a mim!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D